Alexandre Frota

frota

Alexandre Frota

Alexandre Frota de Andrade (Rio de Janeiro, 14 de outubro de 1963), mais conhecido popularmente por Alexandre Frota é ator, diretor, comediante, apresentador, empresário, ex-modelo, ex-ator pornográfico e político filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Iniciou a carreira na década de 1980, despontando em novelas da Globo como Roque Santeiro (1985), Sassaricando (1987), Top Model (1989) e Perigosas Peruas (1992). Ao longo da década de 1990, também fez séries e trabalhos no cinema. Desde 2019 exerce o cargo de deputado federal por São Paulo.


Em maio de 2018 apoiou a greve dos caminhoneiros no Brasil. Ainda naquele ano, lançou sua candidatura a deputado federal pelo PSL ao estado de São Paulo, a qual foi bem-sucedida. Em agosto de 2019 saiu do partido e filiou-se ao PSDB.

Atuação Parlamentar

Como Deputado Federal, Frota foi o candidato que mais criou PL’s e PEC’s, Deputado que mais protocolou projetos de lei, ao todo são mais de 965 propostas legislativas. O quinto deputado, entre todos os 513 da casa, que mais cria e apoia propostas para a população feminina e que defende a entrada de mais mulheres na política. Ainda, é o Deputado com mais projetos protocolados que beneficiam as pessoas com transtorno do espectro autista e suas famílias.


Autor do projeto de lei 1064/22, que foi aprovado na comissão que prevê sanções administrativas à pessoas que discriminem pessoas com transtorno de espectro autista (tea). Coautor da Lei Aldir Blanc. Também coautor dos projetos de Lei, Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2, aprovados no congresso nacional e vetados pelo Presidente da República. Responsável juntamente ao Governo do Estado pelo reconhecimento do Carnaval de São Paulo como Patrimônio Imaterial do estado de São Paulo.


Frota apresentou projetos relevantes, sendo autor, por exemplo, do projeto de lei que altera a Lei nº 7498, aprovado no Congresso Nacional, já está aguardando a sanção do presidente para regulamentar as profissões vinculadas à enfermagem para dispor sobre a jornada de trabalho e o piso salarial dos profissionais. Frota também apresentou um projeto de lei. PL 61/2020 que determina a colocação de tornozeleira eletrônica em pessoa que está cumprindo medida protetiva por crime de violência doméstica Aprovado na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher apensado.

Notícias Recentes